A Violeta Odorata é a Violeta verdadeira (não a violeta-africana, encontrada nas floriculturas). Quando fresca, é usada em salada. Cristalizada é usada na decoração de bolos, pudins e sorvetes.

Apenas as folhas e flores da planta são utilizadas medicinalmente. As folhas e flores são comestíveis e podem ser acrescentadas em saladas, no entanto, apenas profissionais da culinária as utilizam para tal fim, vez que a ingestão indiscriminada das folhas pode causar enjôos. A raiz, por exemplo, não pode ser consumida por apresentar substâncias tóxicas que podem causar vômitos e diarreias.

O Suspiro normal e cuja mistura de açúcar e claras em neve se acrescenta, antes de levar ao forno, um punhado de pétalas. Para que o doce cause mais impacto.

E claro, que a receita é versátil, pois o suspiro floral também dá certo se a violeta for trocada por rosa ou outra espécie de pétalas também comestíveis.

Lembrando que para comer, prefira flores naturais, sem agrotóxicos. E não é qualquer flor que pode ser consumida. Algumas são venenosas!

Aqui terminamos um resumo de um de nossos cursos. Maiores informações entrar em contato com o site https://institutoverdesrumos.com.br/ e fazer a inscrição.

Fonte: Jornal da Família – Lauro Moura – 1985