O Hábito de usar rã como alimento é tão antigo quanto a própria história do homem. A bíblia, primeiro livro escrito, narra em êxodo que a rã foi utilizada como a segunda praga lançado no Egito por Deus em repúdio á desobediência do FARAÓ. Sua origem alimentar vem da idade média quando nos mosteiros, principalmente sul da ALEMANHA, os monges, por preceito religioso ao se enfastiarem com carne de peixe, passaram a considerar a rã como um pescado, aumentando mais um item em seus cardápios, sem incorrerem em pecado. Daí em todo o mundo, a carne de rã é considerada um pescado e frutos do mar.