Segunda parte

A capuchinha – muito comum nas cidades serranas, em grotas e córregos – é planta cem por cento comestível. Tem gosto de agrião e dá uma salada completa, usando não só as flores mas também as folhas, de forma caprichada, nas quais o sabor está concentrado. Os frutos tenros e verdes que costumam surgir por essa época, podem ser conservados em vinagre e usado como alcaparra.
Antes de colocar em potes é bom submetê-los a uma ligeira fervura